Dicas para emagrecer

Saiba como Reeducar seu Paladar

Incluir as saladas nas refeiçöes, sem dúvidas, é o primeiro passo para garantir uma vida mais saudável. no entanto, saber equilibrar a quantidade dos outros alimentos no prato também é outro ponto importante. para garantir a ingestão de todos os nutrientes essenciais ao organismo, que tal começar uma reeducação alimentar?

Ela consiste em um processo de transformação e mudanças favoráveis a hábitos alimentares saudáveis, mas sem esquecer a individualidade e o prazer em comer bem.

Proporciona conhecimento para que se possam fazer escolhas no dia a dia, como quando for a um restaurante, festa, bar, entre outras situações.

Emagrecimento Garantido

Um dos objetivos mais almejados ao se iniciar uma reeducação alimentar é a perda de peso, ela é mais eficiente para o emagrecimento que uma dieta simples, mas exige grande força de vontade da pessoa que vai ter que mudar de modo permanente antigos hábitos de vida

Funcionando em dia

Outra vantagem em optar por uma reeducação alimentar é melhorar o funcionamento do intestino.

Sem prisão de ventre, com certeza, o emagrecimento é facilitado, um intestino saudável contribui para a manutenção do peso, do bom humor, da beleza da pele e da saúde global do organismo, pois é nesse órgão que acontece a absorção da maioria dos nutrientes que ingerimos portanto, de nada vale ingerir nutrientes necessários para o corpo se o intestino não estiver funcionando corretamente.

Mais disposição

Em uma reeducação alimentar não há restrições deste ou daquele alimento, o importante é saber fracionar a quantidade ingerida de nutrientes que favoreçam a saúde e proporcionem mais disposição.

Simplesmente pelo fato de você estar fazendo uma dieta que leva em conta a capacidade do seu organismo de metabolizar os diferentes nutrientes e orientar com relação à quantidade mais adequada que você deve ingerir de cada um, seu funcionamento é otimizado.

Sendo assim, as pessoas têm uma tendência a se sentirem mais dispostas e com maior sensação de bem-estar.

Prevenção de Doenças

Equilibrar a quantidade de nutrientes essenciais ao organismo também torna o corpo mais resistente ao desenvolvimento de diversas doenças. Uma boa consciência alimentar traz benefícios em todas as áreas da vida das pessoas.

Pessoas mais saudáveis trabalham melhor, produzem mais e vivem mais. Associada à prática de atividades físicas, basicamente, você estará diminuindo seus riscos para a maioria das doenças que acometem o ser humano.

Mantenha seu bom humor

O que muitos não imaginam é que comer da maneira correta pode colaborar para a diminuição do estresse. Realizar uma dieta bem estruturada e individualizada faz com que você receba adequadamente todos os nutrientes de que precisa para o funcionamento mental e físico, o que impede a sensação de estresse e esgotamento de dietas restritivas.

Foco é a palavra-chave

Para que haja sucesso e os objetivos sejam alcançados é preciso ter foco. Disciplina é a chave do sucesso para qualquer objetivo. Em uma reeducação, inclusive a alimentar envolvemos mudanças de hábitos, seja para incluir ou excluir algo, então, foco no resultado, motivação e disciplina são fundamentais.

É importante não desistir no meio do caminho por ‘termos caído em tentação’, pois em mudança de hábito é comum cometermos deslizes. A disciplina servirá para retornarmos nosso objetivo e, assim, atingirmos nossas metas.

Aposte nas saladas e estas dicas práticas

Você compra alface em em 2 dias as folhas já estão murchas? Ingerir uma boa quantidade de verduras diariamente é o ideal para manter uma alimentação balanceada, mas, dependendo do tamanho da sua família, consumir grande quantidade de verduras em pouco tempo pode ser inviável.

Por isso, para fazer com que os vegetais durem mais na prateleira da geladeira, alguns cuidados devem ser tomados. Confira!

Higienização

Para higienizar as folhas, o ideal é eliminar as que estão murchas e mergulhar as restantes em um recipiente com a mistura de água e um produto específico para limpeza das verduras.

Geralmente o hipoclorito de sódio ou água sanitária é o mais utilizado no processo. No entanto, antes de utilizar o produto, verifique na embalagem se é possível usá-lo em alimentos. Caso esteja liberado, coloque 1 colher (sopa) de hipoclorito de sódio (a 2,5%) para 1 litro de água.

Armazenamento

Após a higienização, seque cada folha com um pano de prato limpo. Em seguida, pegue um recipiente fechado e forre-o com papel-toalha.

Coloque uma camada de folhas e outra de papel-toalha até encher o pote, sendo ideal finalizar com uma camada do papel-toalha para evitar que as folhas murchem. Após esse processo, guarde na geladeira até o próximo consumo.

Varie

Para garantir os nutrientes necessários ao organismo, também é preciso variar na escolha das verduras e legumes, atingindo assim a quantidade ideal de consumo.

Uma pessoa adulta deve ingerir por dia pelo menos 400g de legumes, verduras e frutas para garantir 9% a 12% da energia diária consumida, considerando uma dieta de 2.000kcal.

Devemos levar em conta que um prato (sobremesa) cheio de folhas verdes tem cerca de 10 calorias. Por possuírem baixo valor calórico e serem ricas em fibras, minerais e vitaminas, verduras podem ser consumidas à vontade.

Temperando

Para que a sua salada não se torne calórica ou perca alguns de seus benefícios, o ideal é evitar temperos prontos. Temperos como o azeite e o vinagre combinam bem com saladas de folhas para as dietas com restrição calórica enquanto um molho cremoso à base de maionese é a opção para quem não está preocupado com o peso.

Minha sugestão é, para diminuir as calorias, utilize limão e ervas aromáticas e, se preferir, molhos cremosos. O ideal é usar iogurte desnatado ao invés de maionese.

Fica uma delícia esse molho. Molhos light prontos (encontrados em supermercados) podem ser uma boa opção, mas devem ser usados com moderação. E uma pitada de sal é sempre recomendada mas sem exagerar.

Prato ideal

Apesar de as saladas serem bastante nutritivas, para que elas garantam o aporte necessário de nutrientes durante as refeições principais, alguns alimentos podem ser adicionados.

Se a salada for o prato principal da sua refeição, é interessante combinar os ingredientes com uma grande variedade de frutas ou legumes crus, massas frias ou pedaços de frango ou atum para preparar um prato com baixo valor calórico e altamente nutritivo, unindo todos os grupos alimentares.

Eu, particularmente, adoro salada com espinafre cru (mas ele também pode ser cozido – por pouco tempo, para não perder seus nutrientes), pois fica muito gostoso, além de proporcionar boas quantidades de betacaroteno, vitamina C, cálcio e ferro.

Sobre a autora

Patrícia Andrades

Patrícia Andrades

Olá, meu nome é Patrícia Andrades, adoro moda e trabalho em uma empresa como administradora. Nas horas vagas, gosto de escrever no meu blog!

Sempre tive muita dificuldade em perder peso desde criança. Quando aos 27, decidi dar a volta por cima e começar minha transformação. Hoje eu ajudo centenas de milhares de mulheres a atingirem mais qualidade de vida!

Deixe um comentário