Dicas para emagrecer

Quais suplementos substituem a alimentação?

Pergunta difícil, não é mesmo? Mas algo muito comum para quem está começando a fazer academia é confundir a suplementação com a necessidade de alimentação. Um dos principais pensamento de quem tem pressa para chegar no objetivo final é pensar que os suplementos substituem a alimentação, ou que se alimentar vai atrasar o alcance das metas.

Mas, a suplementação ajuda a melhorar a performance?

O suplemento certo, na quantidade correta é sempre a melhor escolha, mas a crescente busca por uma melhor performance esportiva tem causado grande conflito e dúvida quanto aos objetivos da suplementação e os impactos positivos de uma boa alimentação.

Em meio ao aumento do número de produtos para atletas, as pessoas querem reduzir a alimentação e aumentar o consumo de produtos ultraprocessados. Ao invés de usar comida de verdade ou alimentos menos processados para ajudar na prática esportiva, os atletas procuram por suplementos.

Quando substituir a alimentação por suplementos?

As dúvidas em relação a alimentação e suplementação ainda é muito presente. A indústria de suplementos está em alto crescimento e pode ser uma aliada para a prática esportiva e melhora do desempenho. Porém, diferentemente do que muitos acreditam, não é uma obrigatoriedade suplementar.

O uso de suplementos dependendo de dois fatores objetivo e necessidades individuais. A partir da definição disso é possível saber se há necessidade de suplementação, e qual é o tipo de suplemento necessário para alcançar aumento de desempenho. Por isso, não é indicado substituir a alimentação por suplementos.

Quais são os suplementos nutricionais que reforçam os benefícios dos exercícios?

A suplementação auxilia o corpo de diversas formas. Entre elas:

1º Velocidade de absorção determinado grupo/substância (proteína sem gordura e carboidratos, aminoácidos, vitaminas, minerais, entre outros);

2º Ajuda no controle energético, entre outros benefícios.

Como elaborar um programa de suplementação?

Mas, para a elaboração do programa alimentar e a indicação de suplementos alimentares é preciso considerar:

1º estilo de vida;

2º preferências;

3º aversões alimentares;

4º exames laboratoriais;

5º histórico clínico;

6º modalidade esportiva;

7º objetivos a serem alcançados;

8º treinos.

Para tomar suplemento é preciso orientação médica?

Muitos acreditam que tomar suplementos é algo simples e não precisa de orientação médica, mas, é importante realizar as oito etapas listas para conseguir obter êxito.

Quais suplementos que podem ser substituídos por alimentos?

Existem suplementos alimentares industrializados que podem ser substituídos por alimentos. Entre eles estão:

1- Suplementos proteicos: whey protein, caseína, albumina;

2- Suplementos carboidratos: maltodextrina, frutose, dextrose;

3- Suplementos gorduras: TCM.

Quais suplementos que não podem ser substituídos por alimentos?

Existem alguns suplementos que não podem ser substituídos por alimentos. Entre eles estão:

1- Suplementos como creatina e a beta alanina: eles funcionam por “saturação” e precisam “encher” o músculo para ter ação.

2- Suplementos como glutamina e probióticos: são de uso crônico e agem no estímulo e proteção do sistema imunológico.

Dica: O programa alimentar e a suplementação precisam ser individualizados e reavaliados regularmente de acordo com os objetivos, treinos, competições, avaliações clínicas e mudanças no estilo de vida.

Quais são as consequências do consumo excessivo de suplementos?

Manter uma boa alimentação durante a suplementação é muito importante. Veja o que ocorre com o organismo quando alguns suplementos são consumidos em excesso:

1- Aminoácidos: desencadeia problemas intestinais, hepáticos e renais.

2- Glutamina: provoca cirrose no fígado, problemas nos rins e síndrome de Reye (doença que acomete cérebro e fígado).

3- Termogênicos: provoca taquicardia (que pode levar a uma arritmia) e insônia.

4- Creatina: apesar de criar a falsa ilusão de aumento muscular, o que realmente ocorre é um aumento da reserva de água dentro das células, o que faz com que as pessoas fiquem inchadas.

5- Proteínas: prejudica o funcionamento dos rins e fígado.

Tomar os devidos cuidados para manter o corpo saudável!

Saiba mais sobre suplementos clicando no link 😉

Sobre a autora

Patrícia Andrades

Patrícia Andrades

Olá, meu nome é Patrícia Andrades, adoro moda e trabalho em uma empresa como administradora. Nas horas vagas, gosto de escrever no meu blog!

Sempre tive muita dificuldade em perder peso desde criança. Quando aos 27, decidi dar a volta por cima e começar minha transformação. Hoje eu ajudo centenas de milhares de mulheres a atingirem mais qualidade de vida!

Deixe um comentário