Saúde

Razões pelas quais a Vitamina D é essencial para saúde

A vitamina D é muitas vezes referida como a “vitamina do sol” porque é sintetizada na pele após a exposição à luz solar.

Embora tecnicamente considerado um hormônio, a vitamina D é fundamental para a saúde ideal. Ao contrário da maioria dos outros nutrientes essenciais, a vitamina D só pode ser encontrada em um punhado de alimentos, como peixes gordurosos, certos cogumelos, ovos e alimentos fortificados, tornando o sol a fonte mais importante de vitamina D.

Hoje em dia, porém, a maioria de nós tende a gastar menos tempo ao ar livre, o que pode explicar por que mais de um terço da população mundial sofre com baixos níveis de vitamina D.

Estima-se que o número de pessoas com deficiência do nutriente seja mais da metade dos brasileiros não atinge os índices preconizados. A exposição diária ao sol, nossa principal fonte, é cada vez menor.

Neste artigo você encontrará dez razões pelas quais você deve aproveitar um pouco de sol diariamente para proteger sua saúde.

Melhora a função muscular

A deficiência de vitamina D tem sido associada à perda de massa e força muscular.

Os cientistas descobriram que uma forma ativa de vitamina D no sangue (vitamina D3) poderia melhorar a força dos membros inferiores. Voluntários que participaram do estudo mostraram maior poder e velocidade após a suplementação de vitamina D3.

Reduz ataques de asma

Quando adicionada a um tratamento usual de asma, a vitamina D pode reduzir o risco de ataques graves de asma pela metade.

As chances de uma pessoa com asma sofrer insuficiência respiratória diminuem se ela tomar suplementos de vitamina D.

De acordo com a descoberta dos pesquisadores da universidade Queen Mary University, com 955 pessoas, responderam com melhorias com a ingestão de suplementos de vitamina D.

Ajuda a prevenir e tratar a Esclerose Múltipla

A esclerose múltipla (EM) é uma doença autoimune na qual o corpo ataca seu próprio cérebro, medula espinhal e nervos ópticos. Alguns estudos, no entanto, descobriram que a manutenção de níveis adequados de vitamina D pode retardar a progressão da doença e reduzir o risco em até 62%.

Melhora a saúde do coração

Embora tomar suplementos de vitamina D não pareça ter o mesmo efeito protetor do coração do que passar mais tempo ao ar livre, a quantidade adequada de vitamina D no sangue pode reduzir o risco de ataque cardíaco ou insuficiência cardíaca crônica.

Previne certos tipos de câncer

Vários estudos demonstraram que a manutenção de níveis elevados de vitamina D no sangue pode reduzir o risco de desenvolver vários tipos de câncer. Além disso, também pode retardar a progressão da doença e diminuir a taxa de mortalidade.

Protege contra a doença de Alzheimer e Parkinson

Quando os cientistas compararam os níveis de vitamina D em pessoas que têm doença de Alzheimer ou Parkinson com os níveis de indivíduos saudáveis, eles descobriram que os níveis sanguíneos eram cerca de um terço mais baixos no grupo de Alzheimer e Parkinson.

Positivamente afeta centenas de genes para prevenir doenças

Pesquisadores descobriram que a vitamina D influencia a atividade de mais de 200 genes. Estes genes incluem IRF8 (que tem sido associado com MS) e PTPN2 (que tem sido associada à doença de Crohn e diabetes tipo 1).

Reduz o risco de osteoporose

Como afirmado pela Public Health England, todos devem tomar um suplemento diário de vitamina D durante os meses mais frios para promover a saúde óssea e prevenir a osteoporose.

Foi também confirmado a eficácia na publicação do jornal Canadian Medical Association Journal (CMAJ) pelo chefe e professor da University of Calgary Faculty of Medicine Dr. David Hankey, no Canadá.

Reduz o risco de mortalidade

Se a vitamina D puder diminuir o risco de insuficiência cardíaca e prevenir o câncer, só faz sentido que isso o ajude a viver uma vida mais longa.

Um estudo que analisou 50 experimentos controlados randomizados descobriu que as pessoas que tomam suplementos de vitamina D reduziram ligeiramente o risco de morte prematura em 6%.

Pode ajudá-lo a perder alguns quilos

Além de prevenir uma série de condições clínicas e doenças, baixos níveis de vitamina D têm sido associados à obesidade. Em um ensaio clínico duradouro de 2 anos, os pesquisadores analisaram o efeito dos níveis de vitamina D no peso corporal. No final do estudo, os pesquisadores concluíram que 83% dos participantes obesos atingiram um IMC saudável.

Como você pode ver, a manutenção de níveis adequados de vitamina D através da exposição ao sol, alimentos ricos em vitamina D ou suplementos de alta qualidade é crucial para uma saúde ideal.

Sobre a autora

Patrícia Andrades

Patrícia Andrades

Olá, meu nome é Patrícia Andrades, adoro moda e trabalho em uma empresa como administradora. Nas horas vagas, gosto de escrever no meu blog!

Sempre tive muita dificuldade em perder peso desde criança. Quando aos 27, decidi dar a volta por cima e começar minha transformação. Hoje eu ajudo centenas de milhares de mulheres a atingirem mais qualidade de vida!

Deixe um comentário